Segunda-feira

Oi filho. Hoje a mamãe está triste. Já fui dormir assim e acordei da mesma maneira. Que bom que você ainda não entende. Sei que dizem que pode sentir, perceber que algo não vai bem, mas deixei você na vovó então sei que vai se divertir um monte.

Quero aproveitar para te contar uma coisa. É algo muito especial para mim e escolhi você porque a cada dia nos tornamos mais próximos, mais cúmplices. Semana passada mamãe disse que voltou a dirigir. Só que todas às vezes fui acompanhada por alguém. Hoje não! Pela primeira vez saí com você sozinha. Chorei de emoção enquanto trocava sua fralda e te arrumava para sairmos. Em troca você me dava aquele sorrisão de sempre.

Quis contar para alguém. Dizer da minha satisfação. Do meu ato de coragem. Mas, não tinha ninguém. Me senti tão sozinha, filho. Então, me lembrei de uma coisa que uma amiga me falou uma vez “Você nunca mais estará sozinha”.

Me emocionei com você, me emocionei comigo. Eu tinha ligado para a sua avó e ía pedir para o seu tio (irmão do papai) vir te buscar. Só que NÃO! No meio da ligação eu disse “Pode deixar. Eu vou. Preciso criar coragem de uma vez”. Juntei toda a coragem que tinha em mim. E fui.

Peguei suas coisas, te coloquei na cadeirinha e fomos eu e você no carro com essa chuva chata que tem caído constantemente aqui em SP. Tudo bem. Tudo tranqüilo. Dirigi cuidadosamente, sem afobação, sem medo! Eu não senti medo, filho!! Foi maravilhoso, poder compartilhar isso contigo.

Tem ideia do quanto isso é importante para mim? Sei que não tem. Sei também que isso não importa pra muita gente. Alguns me acham ridícula por fazer festa com algo aparentemente tão normal. Não pra mim. Hoje eu venci a mim mesma. E isso é um passo muito grande filho porque é sempre mais fácil criticar o outro do que mudar a si mesmo.

Ps: Vovó (mãe do papai) ficou preocupada. Imagino ela tensa me esperando chegar com você. No entanto, quando cheguei no portão ela fez a maior festa para mim. Me abraçou e quase deu pulinhos. Foi muito legal, foi como cruzar a linha de chegada de uma corrida. A vovó é muito carinhosa, filho. Está sempre torcendo por todos. Aproveite bem os mimos dela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s