0

Irmão…uma das coisas boas da vida

Pedro,

Uma das coisas mais legais que a vida nos possibilita é ter irmãos e por sorte você tem um muito legal! Ele não nasceu da barriga da mamãe. É fruto da relação anterior do papai, mas conquistou o meu coração de uma forma que hoje sinto falta quando ele não está por perto. Ele tem o meu amor, esse que agora sabe o que é ser mãe.

Me lembro da primeira vez que o encontrei. Eu saí do carro e quando bateu o olho em mim abriu o sorrisão (marca registrada dele). “Nossos santos” se deram bem logo de cara o que foi uma alegria para mim, para ele e pro seu pai. Nos divertíamos nos passeios como se fizéssemos parte da vida um do outro há muito tempo. Engraçado isso.

Tem uma história interessante para te contar. Certa vez ele e o papai estavam brincando no mar com uma prancha e de repente ele perguntou “Quando você e a Bia terão um bebê?”. Seu pai disse que não sabia , mas aproveitou para perguntar se ele preferia menino ou menina. “Menino”, ele respondeu.  Um mês ou dois depois eu estava grávida de você.

Saiba aproveitar o que seu irmão tem de melhor para te oferecer. Mesmo ainda novo, ele me ensina bastante sobre amor ao próximo, respeito, amadurecimento. Dois episódios da minha convivência com o F* me marcaram muito, filho:

  1. Eu falava meio em tom deboche sobre como eu gostaria de ter mais dinheiro. “Porque ser pobre é muito chato…”. E ele falou sério comigo “Nós não somos pobres!!”. É verdade, F*. Não somos mesmo. Muito menos de espírito e amor.
  2. Outro dia caminhando pelo calçadão da praia ele percebeu meu silêncio e perguntou o que eu tinha. E falei que estava chateada por estar fora de forma. Brinquei dizendo que a culpa era do Pedro (gorda safada!). Ele imediatamente respondeu “Então não é culpa. Foi presente”. É verdade, F*. Você tem toda a razão de novo! S2 S2 S2 S2

Mamãe gosta muito do F* e espero que a fraternidade de vocês só cresça.

………………………………………………………………………

Sobre ele

Estamos no ano de 2013 e acho importante deixar registrado quais são as características que definem o F* atualmente e quem sabe para, no futuro, você poder usar essas informações para chantageá-lo! kkkkkkk

 Ele tem 11 anos agora, mede quase a altura da mamãe, adora comer doces. Tem preferência por sorvete, pavê da vó M* e churros (é um viciado pensando bem kkkkk). Não gosta de milho, de verdura em geral, nem de tomate (a não ser no vinagrete. Vai entender!).

Torce pro São Paulo, gosta de empinar pipa, tem muuuuiiiittttaaaa preguiça de fazer lição de casa, curte dormir e acordar tarde. Tem duas paixões: jogar Call of Duty no Playstation 3 (será que ainda vai existir videogame quando você ler isso?) e o novo carrinho de controle remoto para drift. Ele e o papai montaram sozinhos, sabia?! Aliás, seu pai se mostrou um ótimo funileiro. Estamos todos impressionados com o resultado…trabalho de profissional, viu filho?! Rsrs

Sobre o carrinho…ele disse que vai te ensinar a brinca quando estiver maiorzinho. Não esqueça de cobrá-lo! Rsrsrsrs

…………………………………………………………………………..

Sobre vocês

No começo ele sentiu ciúmes de você. Normal, né? Ele teve que começar a dividir o papai com você. Até eu tenho ciúmes de ter que dividir o papai. Kkkkkk. Mas, passada essa primeira fase ele começou a se acostumar com a ideia.

Quando você nasceu prematuro ele perguntava constantemente quando você iria para casa. Acho que ele queria ter contato com você logo porque durante os três meses de internação, ele só te viu uma vez já que era proibida a entrada de menores de 12 anos na UTI. Mesmo assim, um dia conversei com a enfermeira responsável e mostrei você pelo vidro. Ele ficou com uma carinha de impressionado com o seu mini tamanho. Quem não ficava, né?!

Outra coisa que ele sempre me perguntava era quantos quilos você estava pesando. Ficava admirado com o fato de você pesar menos que um saco de arroz (5 kg). Todo final de semana ele diz “Ele cresceu”.

Ele adora brincar com você. Te carrega no colo, me ajuda a cuidar de você, a te dar banho e a empurrar o seu carrinho. Uma das maneiras dele te fazer parar de resmungar é dar umas voltas de carrinho pela casa fazendo barulho de carro de corrida. Acelera, freia, tem até onomatopeia de nitro! Rsrs

Ele fica super entusiasmado quando você aprende alguma coisa nova e se diverte com a suas gargalhadas. Faz palhaçada só para te ver rindo. Pula (sorry vizinho de baixo), faz cócegas, estala a língua…e já descobriu o poder que a Galinha Pintadinha exerce sobre você!

Gosto de ouvir quando ele te pergunta “O que foi irmão?!”. Outro dia te deu de presente um babador do Pica-Pau e marshmalow de sobremesa porque você tinha comido todo o almoço.

Você tá sempre rindo pra ele. Acho graça em ver vocês dois juntos porque você não é nem um pouco discreto e mostra descaradamente que é doido pelo irmãoZÃO. Você já olha para ele com aquela carinha de “E aí ‘parça’, o que vamos fazer agora? Me pega aqui”, agita bracinhos e perninhas.

 É bonitinho ver vocês dois juntos. Que sejam sempre companheiros, amigos.

63         26      53