0

Pedro, o gripado X Beatriz, a mulher que levanta mil e uma vezes durante a noite

S-o-n-o.

Tô com sono. Só quem já viveu a delícia (só que não) de ter um baby doente em casa sabe como as noites podem ser aterrorizadoras.  Cena de filme de terror/suspense em que a personagem vaga pela casa com cara de terror olhando para os cantos e sombras dos cômodos. rsrsrsrs

Infelizmente a primeira gripe do Pedro chegou. Até outro dia estava festejando internamente por ele nunca ter ficado doentinho até aqui (1 ano e quase um mês), massss domingo ele acordou com o nariz escorrendo e espirrando. Passou bem o dia até que a monstruosa chegou: a noite.

Bem que meus pais diziam (e eu achava chato) que a noite o estado geral do doente piora.  A explicação médica/lógica/teórica/ eu acho que nem existe, mas você já observou como a noite é sempre o momento em que a febre volta/sobe ou a privada vira trono/travesseiro ou o sistema respiratório acendo o GAME OVER?! Pelo menos comigo sempre foi assim. Me identifico completamente com aquele comercial do Naldecon com as ovelhas. Você já viu? Dá uma olhada.

Bem, daí a genética existe né e o Pedro “decidiu” que a noite ele também piora. Começou a fazer febrinha, ficou manhosinho, ficou chatinho, ficou insuportavelzinho. Tudo “inho” para amenizar a situação. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Jantou pouco, tomou pouco suco, mas mamou bem o Tetê. Aliás, ele só queria fica mamando, tadinho. Isso me deu dó. Lembrei de mim mesma quando estou com a garganta ruim e fico bebendo líquido para aliviar o desconforto. Fora isso: nariz vermelho e olhar caidinho.

……………………………………………………………………………………………………………..

(pausa para eu contar uma incoerência materna. Eu já falei por aqui que uma das coisas boas de ser mãe/pai é poder tirar “sarro” do filho, rir deles, das situações engraçadas que eles passam. Olha esse vídeo. É a mistura da mais pura sacanagem da mãe e da fofurice dos filhos. Enfim, tudo isso para dizer que a carinha do Pedro gripado é fofinha. Pronto. Me digam que sou malvada! kkkkkkk)

…………………………………………………………………………………………………………….

A noite chegou e ele começou a ficar quente. Termômetro me disse que ele estava apenas febril. Mas, meu coração de mãe disse “Liga para o pediatra. Vai que durante a madrugada piora”.  Mediquei e lá pelas 11 e tanto da noite ele adormeceu por três horas seguidas.

Foi um alívio vê-lo tranquilo e dormindo pesado…fora que o meu braço já estava doendo de ficar direto com ele no colo. Mas, sabe como é mãe né?! Você levanta mil e uma vezes durante a madrugada para se certificar que a febre não voltou, para verificar se o nariz está entupido dificultando a respiração e porque sim ele chorou várias vezes e só acalmava vindo para o colo.

Fiquei acabada no dia seguinte. Olheiras tipo panda e sono tipo Mr Bean (assistam)

Ps: Esse texto começou a ser escrito na segunda-feira (11/11). O Pedro já está ótimo, graças a Deus. Quanto a mim…continuo como Mr. Bean. Afinal, mãe não tem o direito de dormir. Hahahaha…rindo de mim mesma. Não, mentira. É de nervoso.

Anúncios