0

Quanto tempo leva até ele fazer 18 anos mesmo?!

Eu não sei vocês, mas eu tenho me admiro com a rapidez do tempo.

Deixando de lado a ‘filosofia barata’ , da qual eu sou praticante, andei revendo umas fotos e vídeos do Pedro da época do hospital e também de quando eu ainda estava de licença maternidade.  Ai gente…quanto amor em imagens!! Fiquei surpresa em ver que eu já tive um filho recém nascido todo molinho e com aquele cheirinho inconfundível de bebê, que fazia caretas e barulhinhos de neném novinho. Oiiinnnn!!!

O Pedro tem um ano e meio e eu já sinto falta dele bebê. Imagina na Copa kkkkkk…Brincadeiras a parte: é só comigo ou outras mães/tias/avós também sofrem dessa nostalgia precoce? Porque gente, do jeito que vai mês que vem ele deve pedir a chave do carro para o pai! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Fato é que eu me surpreendi com as fotos e vídeos dele no hospital e de como ele era pequeno e frágil e hoje é um menino serelepe e curioso. Arrumando as coisinhas dele que guardo como lembrança encontrei as roupinhas de prematuro. Olhei, e mesmo tendo vivido tudo aquilo, me peguei pensando “ele usava essas roupinhas e algumas ainda ficavam folgadas”.

Aqui no blog eu já escrevi (aqui) sobre as medidas do Pedro ao nascer, de como ele é o meu milagre, a maior e mais linda prova do amor de Deus por mim. Mas, como achei as roupinhas queria mostrar para vocês que não puderam conhecê-lo quando ele ainda era bem ‘pitico’ por conta da restrição às visitas.

Olhem só essas coisinhas…Ah, eu coloquei alguns objetos próximo das roupas para vocês conseguirem ter uma ideia de tamanho. Detalhes nas legendas.

 

body_dvd

Esse foi o primeiro body dele. Detalhe: um pouquinho maior que a capinha de um DVD.

 

macacao

Essa foi a primeira roupinha que ele vestiu na vida. Uns três dedos maior que um espetinho de churrasco!

 

SAMSUNG

Olha aqui a prova de que a roupa micro ficava grande! Punhos dobrados para as mãozinhas aparecerem. Fotografei para registrar a primeira vez que ele vestiu roupa na vida. Ele já tinha mais de dois meses de nascido.

 

Meinhas! Acredita que ficava largo?! As enfermeiras diminuíam a largura das meias com esparadrapo para as elas não ficarem escapando toda hora.

Meinhas! Acredita que ficavam largas?! As enfermeiras diminuíam a largura das meias com esparadrapo para elas não ficarem escapando toda hora.

 

E por fim uma nossa <3

❤ E por fim uma nossa ❤

Anúncios